19 dezembro 2011

COISAS DE "MINHO-TIMORENSE"

Morreu Cesária Évora uma grande interprete de língua portuguesa, nascida num território ultramarino de Portugal que jamais desejou a independência... Muitos, mais novos, não lhe terão prestado a necessária atenção (creio que por reacções epidérmicas) mas Cesária Évora cantava um Portugal por nós plantado naquelas desérticas ilhas atlânticas.
Já estou velho para explicar, mas a diferênça entre as mornas e outras expressões actuais da música africana é mesma entre o bailado clássico e o hip-hop, entre uma música de inspiração lusa e uma tenebrosa prestação de uns tais Buraka ou dos kuduros (ambos verdadeiramente inaudíveis) de importação estrangeira, verdadeiras "macaqueações" de americanices bronxianas...
Ouvir Cesária Évora era ouvir esse Portugal de além-mar.

Etiquetas: , ,

2 Comments:

Blogger José said...

Concordo com o que afirma, embora a verdade mande lembrar que a senhora em causa - Paz à sua alma! - não era propriamente um modelo de amor filial a Portugal...

segunda-feira, 19 dezembro, 2011  
Blogger HNO said...

Não a senhora em causa não era devota a Portugal, uma minoria na sua terra...
Abraço e boas festas

segunda-feira, 19 dezembro, 2011  

Enviar um comentário

<< Home