04 abril 2008

CRÓNICA BREVE...

... de um país onde tudo sobe menos o ordenado.
A carne vai aumentar 30%, o pão aumentou outro tanto, o leite 15%, os transportes raiam os 4% e o gás previsivelmente vai aumentar até 3%. As despesas com a habitação sobem, em média, até aos 26%, os portugueses já cortam na comida para fazer face às despesas fixas...
Depois questionam-se alguns, comediantes por certo, das razões da quebra da natalidade dos portugueses. Não serão evidentes algumas razões?
Aumenta o endividamento, o desemprego e, de acordo com o dr. Bagão Félix (agora no papel de humorista...), a quebra de cultura de poupança.
Mas quem consegue poupar neste país? Alguns com os vencimentos do dr. Bagão e umas quantas reformas obtidas à custa do "serviço público"...
Sugerir tal, por parte do ilustre proprietário de um "singelo" monte, é simplesmente ofensivo para os portugueses.

Etiquetas: , ,

2 Comments:

Blogger Flávio Gonçalves said...

Já basta eu viver mal, Alá me livre de trazer filhos a este mundo para passarem fome e necessidades.

sábado, 05 abril, 2008  
Blogger Nacional Integralista said...

Porque não aplicar o conceito "Lebensraum" ?
Tudo seria mais fácil.

sábado, 05 abril, 2008  

Enviar um comentário

<< Home