31 março 2009

A DECADÊNCIA...

Fomo-nos habituando a ganhar pouco, quase nada tirando uma desinteressante taça de uma cerveja de que nunca gostei (mas que animou e distraiu o país da tristeza em que se encontra), de Glorioso restam-nos pouco mais que as risonhas vitórias e alegria do passado, mas isso ainda conseguimos superar...
Mas esta revelação é o fim... a completa decadência... não há limites para o descalabro...


Etiquetas: ,

4 Comments:

Blogger Manuel said...

Aquele sorridente e sem óculos é o Alberto Nonas!

terça-feira, 31 março, 2009  
Blogger HNO said...

Boa tirada, caro Manuel, boa tirada...
Um abraço

quarta-feira, 01 abril, 2009  
Blogger nonas said...

Pois, pois...
Bem tirada mas sem espuma!

quarta-feira, 01 abril, 2009  
Blogger Maria said...

Bem... finalmente vejo exactamente como é o autor de um dos meus Blogs favoritos. Digo "um" porque há uma boa dúzia, vamos lá, que são excepcionais e cujos autores considero, numa opinião muito pessoal, que ficarão para a história da blogosfera como os mais brilhantes escritores deste meio. Não só pelo que escrevem, mas como escrevem e o que representam para Portugal. Diria que estes são à sua maneira e com as parcas, inofensivas mas mortíferas armas de que dispõem, os leais e corajosos guerreiros de hoje. Aqueles que, na memória dos portugueses do presente e que se hão-de igualar aos Bravos de antanho, são já vultos inesquecíveis cujo patriotismo de que não largam mão os tornará para sempre em Heróis de Portugal. Não estaremos cá para ver, mas, desde já há uma certeza, pelos séculos vindouros estes destemidos guerreiros da blogosfera, que diàriamente travam uma batalha terrível contra um inimigo ìnfinitamente menor mas, na aparência e só nesta, poderoso, serão tão sublimados quanto o são ainda hoje os nossos extraordinários batalhadores do passado, aqueles que o foram pelas armas e pelas letras. Para as generações que nos hão-de suceder, vós sereis comparados em valentia e nobreza, a um D.Nuno, a um Camões, a um Pessoa e a outros de igual valia. Estamos perante aqueles que com toda a justiça já alcançaram em vida a imortalidade - uma honra só atribuída aos Grandes Homens e Grandes Santos - e de que se podem orgulhar. Vós já fazeis parte da exclusiva Galeria onde só entram os Maiores, este é um lugar que vos pertence por direito próprio, foi-vos definitivamente reservado.

Quanto ao autor supracitado, tem muito bom aspecto sim senhora - reproduzindo mais ou menos o que escrevi um dia num Blog que eu particularmente prezo (mas cujo autor de uma forma elegante, como é seu apanágio, me retorquiu de imediato que não era bem assim..., porém eu digo que é, comprovo-o todos os dias), salvo as raríssimas excepções que confirmam a regra e mesmo estas por muito humildes que sejam têm aquele não sei quê, aquela bondade de sentimentos e nobreza de alma que transparecem nos gestos e nas falas e que os distinguem dos que o não são e eu tenho bastantes provas do que afirmo que me levam às lágrimas) e é indesmentível, senão basta olhar à nossa volta: os portugueses/as de direita são bonitos (até os feios não são feios, a sua vincada personalidade torna-os bonitos), vestem-se com gosto, respiram asseio, têm um porte distinto, são delicados no modo de falar, são educados nos debates (não interrompem, não atropelam, não sobrepõem a voz), numa palavra, têm classe - e o seu sorriso agradável e sincero traduz exactamente o que seu patriótico Blog reproduz diàriamente, uma imensa explosão de portugalidade. Que nos devolve alguma paz de espírito e, ainda que por breves momentos e se mais não fora, nos alivia a alma da profundíssima tristeza em que ela vive mergulhada.
O meu obrigada a um e a outro pelo que altruìsticamente dão de si aos portugueses e a Portugal.
Maria

sábado, 04 abril, 2009  

Enviar um comentário

<< Home