20 janeiro 2011

OBSCENO, QUEREM MESMO QUE SE VOTE NESTA GENTE?

Sem mais comentários reproduz-se a folha salarial da Fundação Cidade de Guimarães (da responsabilidade da Câmara Municipal) dos administradores e de outros figurões, da Fundação Cidade de Guimarães, criada para a Capital da Cultura 2012, que recebemos por e-mail:

- Cristina Azevedo - Presidente do Conselho de Administração:
14.300 € (2 860 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 500 € por reunião
- Carla Morais - Administradora Executiva
12.500 € (2 500 contos) mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião
- João B. Serra - Administrador Executivo
12.500 € mensais + Carro + Telemóvel + 300 € por reunião
- Manuel Alves Monteiro - Vogal Executivo
2.000 € mensais + 300 € por reunião

Todos os 15 componentes do Conselho Geral, de entre os quais se destacam Jorge Sampaio, Adriano Moreira, Diogo Freitas do Amaral e Eduardo Lourenço, recebem 300 € por reunião, à excepção do Presidente (Jorge Sampaio) que recebe 500 €.

Em resumo: 1,3 milhões de Euros por ano, em salários. Como a Fundação vai manter-se em funções até finais de 2015, as despesas com pessoal deverão ser de quase 8 milhões de Euros !!!
Reparem bem: Administradores ganhando mais do que o PR e o PM !

Esta obscenidade acontece numa região, como a do Vale do Ave, onde o desemprego ronda os 15 % !!!
Acho que em tempos de "PEC" nem merece quaiquer comentários suplementares...

Etiquetas: , ,

3 Comments:

Blogger Gonçalo Couceiro Feio said...

Já foi actualizada, pelo menos os valores dos 3 principais administradores, pela ministra da cultura.
Obsceno, na mesma.

quinta-feira, 20 janeiro, 2011  
Blogger HNO said...

Manda os valores, se tiveres!
Abraço

quinta-feira, 20 janeiro, 2011  
Blogger José Domingos said...

Obsceno, não, é miserável.
E não se fala, nos merdia, porque, é claro, são amigos dos patrões.
E não acontece nada.
Povo de miseráveis.

quinta-feira, 20 janeiro, 2011  

Enviar um comentário

<< Home