14 novembro 2007

ACABADO DE RECEBER

Acabo de receber a obra do Professor René Rémond, a quem, creio, me referi por ocasião da sua morte nas páginas desta casa.
Historiador, dos melhores, senão o melhor da França contemporânea, não pode ser "acusado" de revisionista ou negacionista. Mas tal facto, como grande historiador que era (consultem a biografia cuja ligação aqui vos deixo), jamais o impediu de poder consentir e pactuar com uma história subordinada, submetida e ditada por leis, que não, apenas, as da investigação e da própria História.
Aqui vos deixo nota deste Quand l'État se mêle de l´Histoire (qualquer coisa como "Quando o Estado de mistura/intromete na História") [René Rémond. 2006. Quand l'État se mêle de l'Histoire. Paris: Éditions Stock] e cujo sumário é o seguinte:
I Comment en est-on venu là?
II Faut-il abroger toutes les lois mémorielles?
III L'histoire aux historiens?
IV Les politiques de la reconnaissance
V Mémoire, histoire
Se fosse à "Antillia" comprava já os direitos para português que desde já dispõe de dois tradutores arregimentados, este vosso escriba e este outro.

Etiquetas: , , ,

3 Comments:

Blogger Flávio Gonçalves said...

Tenho mesmo que aprender francês...

quarta-feira, 14 novembro, 2007  
Blogger HNO said...

Pois tens...

quinta-feira, 15 novembro, 2007  
Blogger Flávio Gonçalves said...

Mas não antes do Natal, que a minha sogra vem cá para as festividades e não fala português.

Com companheira francesa realmente é embaraçante ainda não dominar esse idioma dos bárbaros gauleses.

quinta-feira, 15 novembro, 2007  

Enviar um comentário

<< Home