13 fevereiro 2008

ORDEM DA TORRE E ESPADA - JUSTIFICAÇÃO

O duplo centenário da criação da Ordem Militar da Torre e Espada, Valor, Lealdade e Mérito que se comemora no presente ano, em que se celebra a ida da corte para o Brasil e a sua instituição pelo príncipe-regente D. João, tem-me afastado da vossa companhia, pelo que vos peço desculpa. A verdade é que à falta de comemorações no país instituidor (pelo menos até ao presente, embora espero que tal cenário mude em breve), lá se vão fazendo uns artigos evocativos para revistas brasileiras, americanas, suiças, austríacas e alemãs, uma dinamarquesa ainda está em negociações.
No caso de por cá se manter a norma de "em casa de ferreiro, espeto de pau" pelo menos no estrangeiro a criação da OTE não passará esquecida.
P.S. De Colecção Particular (que não a minha, infelizmente...) aqui vos deixo o modelo da primeira placa.

Etiquetas: ,

3 Comments:

Blogger Vítor Ramalho said...

Conheci alguns dos agraciados com a Ordem a que presto a minha homenagem.
Lembro-me até de um Capitão Miliciano de Infantaria a quem o sistema democrático tardava em dar a devida e merecida promoção a Major. Enfim coisas da democracia que não lida muito bem com Oficiais Milicianos, são todos fascistas.

quarta-feira, 13 fevereiro, 2008  
Blogger Francisco Pereira said...

Gostaria de adquirir as obras Completas de Primo de Rivera que falou em Maio de 2007. Ainda a tem dispnível? desculpe deixar este comentário mas não tenho o seu mail...
Pode contactar-me para o mail falangecampense@sapo.pt
Francisco Pereira
Falangistacampense.blogspot.com

quinta-feira, 14 fevereiro, 2008  
Blogger Francisco Pereira said...

Estou mesmo interessado em adquiri-las, pago o preço que pedir...

quinta-feira, 14 fevereiro, 2008  

Enviar um comentário

<< Home