14 outubro 2008

AINDA O KOSOVO

Explosões, sirenes de ambulâncias, confrontos e agitação nas ruas vão fazendo o quotidiano de Podgorica (capital do Montenegro), na sequência da manifestação de cerca de 10.000 manifestantes pró-Sérvia que protestavam contra o reconhecimento do Kosovo pelo seu país e da qual resultaram dezenas de feridos.

A oposição critica aquela decisão afirmando que o governo apunhalou a Sérvia pelas costas e aos gritos de “Traição”, “Kosovo é Sérvia” ou “Kosovo, coração da Sérvia” concederam ao primeiro-ministro um ultimatum para anular o reconhecimento dentro de 48 horas, convocar um referendo sobre o assunto ou sujeitar-se à convocação de eleições antecipadas.

Lembremos que cerca de 1/3 da população do Montenegro se declara sérvia, havendo apenas cerca de 7% de população albanesa.. Aqui como em tantos outros países uma consulta popular deitaria por terra as opções políticas de um governo distante dos anseios do seu povo. Sondagens fornecem mesmo o expressivo número de aproximadamente 80% de opositores a esta decisão. Mas o motivo é óbvio e declarado: pressões da UE; de novo o pranto de lentilhas... Lá como cá...

A BBC dá-vos imagens aqui: http://news.bbc.co.uk/1/hi/world/europe/7668595.stm

Etiquetas: , , ,

3 Comments:

Blogger Filhos de Saló said...

Humberto está descansado...os albaneses do Montenegro e da Macedónia,em breve tratam da saúde a esses governos de merda.
Basta olhar a História e a Teoria do Eterno Retorno de Nietzsche.
Vai uma apostinha?

terça-feira, 14 outubro, 2008  
Blogger Nuno Castelo-Branco said...

ora aqui está gente que não é parte de um poveco. Estes montenegrinos surpreendem pela positiva e é uma pena não fazermos o mesmo por cá. Reconhecer o Kosovo? Quando for a Madeira, vamos ver no que tudo isto dá!

terça-feira, 14 outubro, 2008  
Blogger DB said...

Reconhecimentos comprados a dois países inviáveis, criados para enfraquecer a Sérvia. Sendo o Montenegro o caso mais gritante, pois é etnicamente sérvio (a aplicar os critérios do Kosovo...). Neste caso, os EUA conseguiram, através do capital, privar a Sérvia de acesso ao mar. Enfim, resta-nos manter a nossa posição e denunciar os abusos, ilegalidaes e hipocrisias desta situação.

Um abraço.

quarta-feira, 15 outubro, 2008  

Enviar um comentário

<< Home