20 maio 2009

A ENTREVISTA DE ONTEM

8 Comments:

Blogger Nacional Integralista said...

Boa entrevista, muito seguro nas ideias em que eu concordo plenamente.
Mas só vou votar no PNR quando, de dentro,fizerem uma "limpeza do balneário".
Ainda há muita gente dentro do PNR que afasta os eleitores.
Para bom entendedor...

quarta-feira, 20 maio, 2009  
Blogger HNO said...

Lamento, é com actitudes como a sua que nada muda neste país.
mas pode sempre, concordando com o que eu digo votar noutro partido qualquer.
As limpezas de balneário fazem-se com alternativas que, na maior parte das vezes, se afundam nos sofás...
É bem verdade que a "direita" não precisa de inimigos porque se devora a si mesma...
Cumprimentos

quarta-feira, 20 maio, 2009  
Blogger vitor said...

Caro Prof.
Esta foi, na minha modésta opinião, uma entrevista brilhante, sobretudo pela fluidez e segurança com que abordou tantos temas em tão pouco tempo,(gostei especialmente da referência ao Kosovo, bem encaixada no tema Barroso). Com este nível de prestações, a votação no PNR atingirá certamente valores que a "esquerdalha" não sonha.
Um abraço,
Vitor.

quarta-feira, 20 maio, 2009  
Blogger HNO said...

Caro Vitor, agradeço-lhe a confiança e espero que esteja certo.
Um abraço

quarta-feira, 20 maio, 2009  
Blogger harms said...

O problema dos nacionalistas não são aqueles que estão dentro do PNR, mas aqueles que estão fora e querem fazer crer que o partido não é alternativa. Aqueles que, dizendo-se nacionalistas, anseiam a cada eleição que passa que o PNR não consiga resultados visíveis, para virem depois pregar verdades absolutas, ruminadas em tertúlias de qualidade duvidosa. Quando à entrevista, das três televisivas, foi a melhor (e as outras já tinham sido muito boas).

quarta-feira, 20 maio, 2009  
Blogger Å said...

Brilhante!
O nosso dia chega

quinta-feira, 21 maio, 2009  
Blogger Nuno Castelo-Branco said...

... sobretudo sem disparar em todas as direcções. Boa entrevista, Humberto. Muito boa, mesmo.

quinta-feira, 21 maio, 2009  
Blogger HNO said...

Harmse e A, obrigado pelas palavras de incentivo.
Nuno obrigado igualmente, particularmente vindas de crítico tão exigente.
Um abraço aos três.

quinta-feira, 21 maio, 2009  

Enviar um comentário

<< Home