17 julho 2009

"WELCOME TO THE NIGHTMARE"

Relatam as notícias que o novo "Partido da Liberdade" foi recusado pelo tribunal constitucional. Os zelotas da "democracia" encontaram aspectos irregulares (quem esperaria o contrário?)nesta nova voz dissonante. Todos conhecem a minha posição, sou pois insuspeito para me pronunciar. Embora ache que as diferenças (anunciadas) entre este partido e o PNR são mínimas e sobretudo "cosméticas" ou de estilo a verdade é que seria mais uma voz incómoda para a "democracia" de sentido único. Não há melhor, pois, que proibir....
Talvez este revez aponte aos seus promotores o caminho da unidade que, sendo possível, sempre defendi.

Etiquetas: ,

2 Comments:

Blogger R.Mateus said...

A cooperação é de facto desejável, mas para existir uma aproximação ambas as partes deverão estar receptivas ao entendimento, pondo de lado interesses pessoais e colocando o essencial no centro do debate, porque ainda estamos falando de politica e não de ajustes de contas, certo?

sexta-feira, 17 julho, 2009  
Blogger Corroios - Terra Nacional said...

Mais um Partido perfeitamente legal, em toda a sua ideologia, ao qual esta falsa democracia corta as vazas, com algumas desculpas para dar textura, mas que se percebe claramente o intuito de não permitir que mais um partido nacionalista surja. Aliás, não lhes agrada de todo pois seriam 2 partidos a propagandear um ideal que a este sistema não lhes interessa, e que pessoas como o Alberto João Jardim denunciam e bem, essa democracia só para alguns, quando o fascismo é abolido e repudiado e o comunismo passeia-se neste país. Portugal Urge, por uma força como o PNR, haja propaganda em todos os meios disponiveis,haja marketing politico,haja uma imagem e frases fortes, haja acesso às pessoas, e o nacionalismo é uma força imparável! Esta democracia precisa urgentemente de se reinventar...Saudações nacionalistas

sábado, 18 julho, 2009  

Enviar um comentário

<< Home