11 agosto 2008

OSSÉTIA

A implosão e posterior dissolução da URSS em 1991, trouxe muitas novas nações, o ressurgimento de nações antigas que haviam passado a pertencer àquela Federação de Estados socialistas e ainda muitos anseios e aspirações territoriais. É indubitavelmente um assunto complexo e, como tal, bom para especialistas. A Ossétia do Sul formava um distrito autónomo no seio da República Socialista Soviética da Geórgia e quando a Geórgia se tornou independente em Abril de 1991 a Ossétia do Sul integrou o novo país, declarando, porém, a sua "independência" logo em Novembro desse ano. Apoiada pela Rússia, jamais foi reconheceida pela comunidade internacional.
Não vos recorda nada?
Pois é a política internacional é porca, mas é assim.
No Kosovo, América e União Europeia, que agora quer apresentar-se como mediador credível, borrifaram-se para a integridade territorial da Sérvia e reconheceram o Kosovo. Aqui, na Ossétia do Sul, com um fundo claramente étnico russo já se evoca a defesa da territorialidade da Geórgia. Como sempre dois pesos e duas medidas. Mas não é de estranhar a Rússia tinha avisado quando da leviandade balcânica.

Etiquetas: , , ,

2 Comments:

Blogger Vítor Ramalho said...

Também estou a tentar perceber a situação, mas olhando para os “amigos” da Geórgia as dúvidas começam a dissipar-se.

segunda-feira, 11 agosto, 2008  
Blogger HNO said...

Ajuda, de facto, meu caro Vítor.
Um abraço

terça-feira, 12 agosto, 2008  

Enviar um comentário

<< Home